Atualizando informações ...
Selo

Queijo Sô Toní - Casca Lisa (550g)



De R$ 109,90
Por:
R$ 99,90
Economize  R$ 10,00

R$ 94,91 à vista com desconto
ou 4x de R$ 24,98 Sem juros
/ 2
* Aqui sua compra é 100% segura, compre com tranquilidade.
Simulador de Frete
- Calcular frete
Frete e prazo de entrega
Descrição Geral

Queijo Sô Toní

O Queijo Minas Artesanal Sô Toní nasceu de um desejo do empresário do ramo contábil em SP e agora produtor rural Nonato Santa Rita. Nonato rompeu com suas atividades na capital paulista e, a cerca de três anos retornou às suas origens em Minas Gerais. Apostando no segmento do Queijo Minas Artesanal, investiu em uma queijaria moderna e bem equipada onde produz o queijo Sô Toní. Nome esse, escolhido em homenagem ao seu pai Antônio Santa Rita (conhecido por Toní).

Próximo de completar seus noventa e dois anos de idade, ele produziu a iguaria por mais de 75 anos de forma artesanal com a mesma receita que até hoje é produzido: leite cru, pingo e coalho, conservando a tradição e originalidade do produto. A queijaria adota todos os padrões sanitários exigidos por lei, Certificado pelo IMA e com registro no SISBI, de forma a garantir a segurança do alimento aseus consumidores, além de preservar o meio ambiente e zelar pelos bons tratos aos animais. 

Notas: baixa acidez, casca amarelada e levemente crocante; massa consistente, macia e sem olhaduras. Notas láticas bem ressaltadas que lembram requeijão, creme de leite. Com o tempo de maturação, as notas se tornam mais amendoadas e acastanhadas.

Assim nasceu e é produzido o Queijo Minas Artesanal Sô Toní. Um queijo de sabor marcante, característico da microrregião do Serro/MG.

Premiações:
- Medalha de Bronze - 6a edição do Prêmio Queijo Brasil 2023
- Medalha de Prata - 2º Concurso Mundial do Queijo Brasil 2022
- Medalha de Bronze - Concurso Queijo Brasil - 2019
- Medalha de Ouro - Concurso Regional em 2019
- 1º Lugar - Concurso Municipal em Paulistas

A harmonização de queijo Minas artesanal com diferentes bebidas pode ser uma experiência muito agradável. Aqui estão algumas sugestões de harmonização com vinho tinto, cerveja e cachaça:

Vinho Tinto:
Escolha um vinho tinto leve e frutado, como um Pinot Noir, Merlot ou um Malbec jovem. Esses vinhos complementam o queijo Minas com sua acidez e frutas vermelhas. O queijo Minas é suave e delicado, então evite vinhos tintos muito tânicos ou encorpados, pois podem dominar o sabor do queijo.

Cerveja:
Para harmonizar com cerveja, escolha uma cerveja do tipo Lager ou Pilsner, que são leves e refrescantes. A suavidade da cerveja ajuda a limpar o paladar entre as mordidas de queijo Minas, realçando os sabores do queijo. Cervejas artesanais locais também podem ser ótimas opções, especialmente se houver uma variedade que tenha toques cítricos ou frutados.

Cachaça:
A cachaça é uma bebida brasileira que pode harmonizar bem com o queijo Minas artesanal. A suavidade da cachaça branca realça a cremosidade e a doçura do queijo. Você pode optar por uma cachaça envelhecida em madeira, como a cachaça ouro, para uma experiência mais complexa. Certifique-se de saborear a cachaça lentamente para apreciar seus sabores e aromas.

Lembre-se de que a harmonização é uma questão de preferência pessoal, e o que funciona bem para uma pessoa pode não ser a escolha ideal para outra. Portanto, sinta-se à vontade para experimentar diferentes combinações até encontrar a que mais lhe agrada. Além disso, você pode adicionar acompanhamentos, como frutas, nozes, geleias ou pães, para complementar ainda mais a experiência de degustação.

Características:
- Medidas aproximadas: 15 cm diâmetro; 6 cm altura
- Peso aproximado: 750 gramas

Itens Inclusos
Itens inclusos: Um queijo com aproximadamente 750 gramas.
Formas de Pagamento
Avaliações

Produtos visualizados

Carregando ...