Atualizando informações ...
Selo

Queijo Dona Iaiá Merendeiro (400g)

"...casca é levemente enrugada e quase crocante, com aroma de castanha, massa com acidez delicada e sabor de média intensidade, bem equilibrado."


Por:
R$ 89,90

R$ 85,41 à vista com desconto
ou 4x de R$ 22,48 Sem juros
/ 8
* Aqui sua compra é 100% segura, compre com tranquilidade.
Simulador de Frete
- Calcular frete
Frete e prazo de entrega
Descrição Geral

 Queijo Dona Iaiá Merendeiro

Alguns queijos levam o nome dos seus produtores e há sempre muita história por trás disso. No caso de Marília Simões Jorge, a Dona Iaiá, voltar às origens é a tônica do enredo. Ela se casou, teve filhos, foi para Belo Horizonte e retornou nos anos 1980 para a Fazenda São Jorge, em Conceição do Mato Dentro. Voltou a fazer o que já sabia: Queijo Minas Artesanal. De lá pra cá, as vacas Girolandas continuam a ser ordenhadas manualmente, mas a entrada em cena da filha Estela, em 2017, mudou o curso da história. Isso porque a herdeira dessa tradição decidiu fazer cursos sobre queijo, inclusive na França, para aperfeiçoar a produção.

Atualmente, as prateleiras de Eucalipto da sombreada queijaria recebem cerca de 10 exemplares por dia, tanto de casca lisa quanto de mofada. No caso desse último, a casca é levemente enrugada e quase crocante, com aroma de castanha, massa com acidez delicada e sabor de média intensidade, bem equilibrado. Diferente do queijo que Iaiá fazia antigamente, mas ainda sob sua atenta supervisão. Ela ainda continua cuidando de tudo...

Texto: Eduardo Girão, especialista em queijos artesanais.

Análise sensorial:
- Aparência: casca com fissuras, cor creme
- Olfato: animal, fungo
- Paladar: castanha, amargo, picante, manteiga, ácido e de textura pegajosa
- Observações: evoca cavalgada
- Harmonização com vinho: tinto médio/leve

Premiações:
- Medalha de Ouro, Prata e Bronze - 6a edição do Prêmio Queijo Brasil 2023
- Medalha de Prata e Bronze - 2º Concurso Mundial do Queijo Brasil 2022
- Medalha de Prata - Mondial du Fromage 2021
- Medalha de Prata - Mondial du Fromage 2019
- Medalha de Bronze - IV Prêmio Queijo Brasil 2018
- Medalha de Bronze - III Prêmio Queijo Brasil 2017
- Medalha de Ouro - Concurso Popular do Serro 2018

Harmonizar queijo minas artesanal com diferentes tipos de bebidas pode ser uma experiência muito interessante. Aqui estão algumas sugestões para harmonizar com vinho tinto, cerveja e cachaça:

Vinho Tinto:
Escolha um vinho tinto leve a médio, como um Pinot Noir, Merlot ou até mesmo um Cabernet Franc.

A acidez do vinho tinto vai equilibrar a cremosidade do queijo minas.

Experimente um queijo minas mais curado para um vinho tinto mais robusto.

Cerveja:
Opte por cervejas mais leves, como uma Pale Ale, uma Blonde Ale ou uma Belgian Witbier.

A carbonatação da cerveja ajudará a limpar o paladar após cada mordida de queijo.

Experimente uma cerveja artesanal local para adicionar um toque regional à experiência.

Cachaça:
Escolha uma cachaça mais suave, com notas florais e frutadas.

Uma cachaça envelhecida em madeira pode ter notas de baunilha e caramelo, complementando a suavidade do queijo.

Faça uma degustação comparativa, experimentando diferentes cachaças para encontrar a que melhor se harmoniza com o queijo minas.

Lembre-se, as preferências pessoais desempenham um grande papel na harmonização de alimentos e bebidas, então sinta-se à vontade para experimentar e ajustar de acordo com o seu gosto pessoal. Além disso, é sempre interessante considerar a região de origem tanto do queijo quanto das bebidas, criando uma experiência mais autêntica e local.

Características:
- Medidas: 7 x 4 cm
- Peso aproximado: 450 gramas
- Merendeiro: o mesmo queijo e a mesma receita em um tamanho menor

Itens Inclusos
Itens inclusos: Um queijo merendeiro com aproximadamente 450 gramas.
Garantia
Formas de Pagamento
Avaliações

Produtos visualizados

Carregando ...